Central Única de Trabalhadores

União em torno de Lula no Natal mostra que luta por sua liberdade será incansável

25 dezembro, terça-feira, 2018 às 6:50 pm

Comentários    Print Friendly and PDF

Lula livre Natal1

Lula livre Natal1

RBA – A ceia de Natal em solidariedade ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso há 263 dias da sede da Polícia Federal em Curitiba, mostrou que a esquerda estará cada vez mais unida em torno de sua liberdade. “O povo brasileiro não vai deixar Lula sozinho, como não vamos deixá-lo nesta noite”, disse o presidente do PT-PR, Doutor Rosinha, em meio a cerca de 500 militantes que participaram da mobilização e nesta terça-feira (25) também seguem eventos culturais da programação da vigília.

Doutor Rosinha afirmou que, apesar de uma certa dose de tristeza, não é hora para lamentações. “Somos todos irmãos e irmãs que estamos aqui e tantos outros que não puderam estar. Somos irmãos e irmãs na mesma causa e não vamos soltar nossas mãos para buscar a liberdade de nosso irmão que está ali dentro. A História mostra que quem se organiza e luta, vence”, disse.

Luiz Marinho, presidente do PT-SP, também marcou presença no Natal com Lula. “A festa está bonita, com uma energia muito boa. É bom ver a militância manter a chama da esperança, que é o que Lula representa. Lula merece nosso sacrifício, pois sempre fez sacrifícios por nós e continua fazendo”, afirmou.

Marinho deixou uma mensagem de otimismo à militância: “O momento é de dificuldades, mas isso vai passar. Assim como derrotamos a ditadura, lá atrás, vamos derrotar também esse processo de ditadura implantado com apoio do Judiciário, que dá um verniz democrático para o golpe que estamos vivendo. Se acharam que prendendo Lula ele deixaria de liderar, se enganaram. Ele continua nos liderando”, afirmou Marinho.

Confira abaixo a carta de Natal que Lula enviou aos integrantes da vigília:

“Meus amigos e minhas amigas,

O Natal é a época do ano em que lembramos com mais força da vinda de Jesus, dos ideais de solidariedade e bondade cristãos. Nos aproximamos da família e dos amigos, celebramos juntos, nos abraçamos e reunimos força para o ano seguinte.

Esse Natal não poderei estar junto fisicamente com a minha família, meus filhos e netos. Mas não estou sozinho. Estou com vocês da vigília, que tem sido minha família, e com todos aqueles que vieram passar esse Natal junto de vocês.

Quero agradecer a companhia que tem me feito a cada dia, todo o dia, durante essa provação, no frio do inverno do Paraná ou no calor que tem feito esses dias.

Sigamos fortes. O ódio pode estar na moda, mas não temam nem se impressionem com essas pessoas posando de valentões. O tempo deles vai passar e a verdadeira mensagem de Jesus, um marceneiro que foi perseguido pelos vendilhões do templo, pelos soldados e pelos promotores dos poderosos, vai continuar a ecoar em cada Natal: uma mensagem de amor, fraternidade e esperança.

A luta por um mundo melhor continua.

Feliz Natal,

Lula”

Vídeo mostra o momento que a vigília deseja Feliz Natal a Lula

 

Fonte: Rede Brasil Atual (RBA)