Central Única dos Trabalhadores

Trabalhadores em educação precisam ser incluídos na elaboração do retorno presencial

17 fevereiro, quarta-feira, 2021 às 9:15 pm

Comentários    Print Friendly and PDF

Live SPMG

Live SPMG

Em live realizada nesta quarta-feira (17), transmitida em rede pela Frente dos Sindicatos em Defesa da Vida e da Educação e pela CUT-RS, o epidemiologista e pesquisador sobre a Covid-19, Pedro Hallal, alertou para a mudança necessária no enfoque da luta das trabalhadoras e trabalhadores em educação. 

“Não se trata de dizer retorno só com todos vacinados. Não existe, ainda, a liberação de vacina para as crianças. Mas é importante que o retorno presencial ocorra somente com evidências da curva de contaminação descendente e obedeça a protocolos e prazos construídos de forma conjunta com a comunidade escolar, em que todos se sintam responsáveis”, afirmou.

Ex-reitor da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), o pesquisador enumerou os principais aspectos que devem ser garantidos, destacando, entre eles: a garantia, nas escolas, dos protocolos de proteção individual (máscara para todos, quantidade adequada de pias para manutenção da higiene das mãos, disponibilização de álcool em gel e formas efetivas para evitar a aglomeração); orientações precisas para o manejo dos casos de contaminação pela Covid-19 (como fazer o isolamento, testagem dos alunos da turma e dos professores que tiveram contato); máximo possível de pessoas vacinadas e a inclusão das trabalhadoras e trabalhadores nos grupos prioritários.

Hallal destacou que, diante da inércia do governo Bolsonaro, é preciso pressionar os gestores estaduais e municipais, para que construam protocolos melhores e mais participativos. Ele citou o exemplo do setor do comércio, serviços e indústrias, que tiveram participação na elaboração dos seus protocolos, e afirmou que isso não está acontecendo na educação. “Deixar que os protocolos sejam construídos somente pelos gestores será pior, os sindicatos precisam participar”.

Hallal-1

Ao fazer uma analogia com o que acontece com uma criança, quando é preciso retirar as rodinhas de proteção contra quedas da bicicleta, afirmou que é preciso, em algum momento, andar sem as rodinhas, que podem ocorrer quedas depois disso, mas que esse início não pode ocorrer na descida de uma lomba. Ele enfatizou que o retorno deve ocorrer em condições favoráveis.

Para ele, não há nenhum protocolo 100% seguro, mas ficar sem aula também é risco, principalmente para as crianças em situação de vulnerabilidade. 

O Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública Municipal de Gravataí (SPMG/Sindicato) integra a Frente dos Sindicatos em Defesa da Vida e da Educação. A presidente da entidade e secretária-geral da CUT-RS, Vitalina Gonçalves, e a presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Esteio (Sisme), Graziela Oliveira, fizeram a mediação do painel.

Elas ressaltaram que esta é uma atividade de formação e que a luta unificada entre as entidades é para que o prazo de retorno seja ampliado, as testagens sejam amplamente realizadas e que os protocolos sejam construídos de forma participativa.

TESTAGEM

A defesa da testagem foi ressaltada durante o painel. Hallal argumentou que este é um debate recorrente, mas que os governos nem a sociedade priorizam. 

“O Brasil nunca levou a sério a testagem e isso é um grande problema, que colabora para a falta de controle da pandemia. Parece que os governos não querem testar para não ter aumento dos indicadores dos casos, mas não é isso. A testagem permite a identificação e a inibição da contaminação”, enfatizou.

PRÓXIMA LIVE

Outros painéis para discussão sobre o tema das aulas em formato híbrido (ensino remoto e presencial) serão realizados pela Frente dos Sindicatos em Defesa da Vida e da Educação.

FRENTE DOS SINDICATOS EM DEFESA DA VIDA E DA EDUCAÇÃO

SPMG/Sindicato – CEPROL – 14° Núcleo CPERS – SIMPA – SINPEDU – SISME – SindprofNH – 20° Núcleo do CPERS – SIMEV – SINPROCAN – SIMCA – SINTESA – SINDISERV – SIMVA – SINASEFE

LEIA TAMBÉM

MANIFESTO EM DEFESA DA VIDA E DA EDUCAÇÃO 

ASSISTA Á TRANSMISSÃO DO SPMG

 

Fonte: SPMG Sindicato

Comentários

  1. livejournal.com…

    Whoah this blog is excellent i love reading your posts. Keep up the great work! You know, many persons are looking round for this info, you can help them greatly….

  2. Fernandez & Karney Attorneys…

    Thanks so much for giving everyone remarkably terrific chance to read critical reviews from here. It is often so cool and as well , packed with a lot of fun for me personally and my office fellow workers to search your website minimum three times weekl…

  3. The Path Law disse:

    The Path Law…

    I like this blog very much so much great info….

  4. read more disse:

    read more…

    Thanks, I have recently been looking for info about this topic for a long time and yours is the greatest I have found out till now. But, what concerning the conclusion? Are you certain in regards to the supply?…

  5. read more disse:

    read more…

    Thanks for every other informative blog. Where else could I am getting that kind of information written in such a perfect approach? I’ve a venture that I am just now operating on, and I have been at the glance out for such info….

  6. istanbul escort…

    I am continually invstigating online for posts that can aid me. Thank you!…

  7. Dychter Law LLC…

    Just what I was searching for, thanks for posting….

  8. Philip Kim Law Law Firm…

    You made some fine points there. I did a search on the matter and found the majority of persons will have the same opinion with your blog….

  9. Personal Injury Attorney – Rego Law Firm…

    You have brought up a very fantastic points, thanks for the post….

  10. automated writer…

    I always was interested in this topic and still am, thanks for posting….