Central Única dos Trabalhadores

Sindicalistas da Alimentação no RS protestam contra intimidações da Oleoplan em Veranópolis

19 novembro, quinta-feira, 2020 às 4:37 pm

Comentários    Print Friendly and PDF

Alimentação3

Alimentação3

Um ato foi realizado na manhã desta quarta-feira (18) em defesa dos trabalhadores e das trabalhadoras da Oleoplan, em Veranópolis. A manifestação foi promovida pela Federação dos Trabalhadores nas Indústrias da Alimentação do RS (FTIA/RS), juntamente com o Sindicato dos Trabalhadores da Alimentação de Caxias do Sul.

O objetivo foi protestar contra as atitudes autoritárias e de violação de direitos trabalhistas, bem como ao meio ambiente, além das práticas antissindicais e tentativas de criminalização do sindicato por parte da empresa.

“O Sindicato de Caxias, com o apoio dos demais sindicatos da alimentação no Estado e a FTIA/RS, vieram até a frente da fábrica da Oleplan para ouvir os trabalhadores e trabalhadoras. Tentam nos intimidar. Estamos ao lado do trabalhador e da trabalhadora para defender os seus direitos. Não vamos arredar pé. A luta será continua. Basta de descaso e assédio moral! O trabalhador tem direito a um PLR digno”, disse Arlete, dirigente do Sindicato de Caxias do Sul.

Alimentação

Para o presidente da FTIA/RS, Paulo Madeira, a luta em defesa dos direitos dos trabalhadores não vai parar. “Não vão nos intimidar. Nós, sindicalistas, não vamos parar. Estamos na luta contra as injustiças, contra a retirada de direitos e de todos os abusos cometidos contra os trabalhadores pela Oleoplan. É muita cara de pau e desrespeito com os seus trabalhadores, que suam até sangue para colocar a empresa no patamar em que se encontra”, disse.

“Vamos mostrar a nossa indignação contra atitudes prepotentes por parte da empresa que só pensa em lucro para os seus acionistas e altos executivos. É uma empresa que trata seus trabalhadores com arrogância, descaso e falta de educação”, afirmou o dirigente sindical.

Alimentação2

Os sindicatos e a Federação foram firmes e conseguiram dar o recado aos trabalhadores.

“Trabalhadores: a hora é agora! Quem sabe faz a hora, não espera acontecer. Vamos nos unir para resistir”, concluiu Madeira.

A FTIA-RS e Sindicato de Caxias do Sul agradeceram o apoio e a participação de diretores dos sindicatos de Itaqui; Roca Sales; Tapejara; Santa Rosa; São Sebastião do Caí; Erechim; Lajeado; Serafina Correia; Monte Negro; Sananduva; Trindade do Sul; Santo Ângelo; Carazinho/Sarandi, além da CUT e da CONTAC.

Alimentação1

 

Fonte: CUT-RS com Denise Veiga – FTIA/RS