Central Única dos Trabalhadores

Servidores do INSS completam 70 dias de greve e criticam chapéu do governo

16 setembro, quarta-feira, 2015 às 7:56 pm

Comentários    Print Friendly and PDF

Previdência

Oos servidores do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) completaram nesta terça-feira (15) 70 dias de greve. A data coincide com o anúncio do pacote de medidas anunciado pela presidenta Dilma Rousseff (PT), que prevê a mudança da data do reajuste da categoria de 1º de janeiro para 1º de agosto.

O chapéu na categoria foi criticado pelo presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Seguridade Social (CNTSS/CUT), Sandro Alex Oliveira Cezar. “É um absurdo. Esse ajuste reflete um velho receituário que achávamos que tinha ficado no passado, mas parece que não ficou.”

Apesar de mudar a data do reajuste da categoria, o governo manterá as negociações com os trabalhadores para acordar a correção salarial, que só seria aplicada em agosto de 2016. “Não vamos tolerar isso. A greve está mantida. O governo adotou um caminho horrível. Nós não vamos pagar a conta dessa crise do governo”, afirmou Sandro.

Além do reajuste salarial, a categoria apresentou uma trinca de melhorias para os trabalhadores: Incorporação da gratificação por desempenho; 30 horas semanais para todos os servidores; e melhorias nas condições de trabalho.

 

Fonte: CUT Nacional