Central Única de Trabalhadores

Senado anuncia integrantes da CPI da Previdência que será instalada na próxima semana

20 abril, quinta-feira, 2017 às 12:53 pm

Comentários    Print Friendly and PDF

Paim na tribuna6

Paim na tribuna6

A CPI para investigar a situação financeira da Previdência Social será instalada nos próximos dias. O senador Paulo Paim (PT-RS), autor do requerimento (RQS 161/2017) que solicitou a criação da CPI, comemora mais uma conquista e declara que a verdade virá à tona.

“Agora é a hora da verdade. Vamos ver quem são os grandes devedores da Previdência. Mostraremos que não existe déficit na Previdência. E, infelizmente, o que existe é uma intervenção desumana de grandes empresas que tiram dinheiro dos trabalhadores, aposentados e pensionistas. Querem entregar nossa Previdência para o sistema financeiro e nós não podemos deixar”, afirmou.

A comissão pretende esclarecer as receitas e as despesas do sistema, bem como os possíveis desvios de recursos.

O presidente do Senado, Eunício Oliveira, anunciou nesta quarta-feira (19), os integrantes da CPI da Previdência. Os titulares serão os senadores Paulo Paim (PT-RS), Hélio José (PMDB-DF), Rose de Freitas (PMDB-ES), Ataídes Oliveira (PSDB-TO), Lasier Martins (PSD-RS) e João Capiberibe (PSB-AP).

Eunício informou que ainda está aguardando a indicação do integrante do bloco Moderador.

Os suplentes serão os senadores José Pimentel (PT-CE), José Medeiros (PSD-MT) e Antonio Carlos Valadares (PSB-SE). As outras duas vagas de suplentes ainda precisam ser preenchidas.

A CPI da Previdência será composta de sete titulares e cinco suplentes e terá 120 dias para funcionar.

Resistência aumenta

O senador Paulo Paim informou que diversas entidades e associações vêm entrando em contato com ele e outros parlamentares para se posicionar contra as reformas trabalhista e da Previdência. Ele disse ter recebido uma delegação de vereadores do estado da Paraíba que estão capitaneando um movimento contrário às reformas.

Paim registrou também que recebeu nota pública contrária à reforma da Previdência e à reforma trabalhista assinada pelas seguintes entidades: Associação Nacional dos Membros do Ministério Público, Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho, Associação Nacional dos Procuradores do Trabalho, Associação dos Juízes Federais do Brasil, Associação dos Magistrados Brasileiros, Associação do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios, Associação Nacional do Ministério Público Militar, Associação Nacional dos Procuradores da República e Associação dos Magistrados do Distrito Federal e Territórios.

Ele aproveitou para convidar todos os trabalhadores do país a participarem da greve geral convocada pelas centrais sindicais para o dia 28 de abril.

 

 

Fonte: Senado