Central Única dos Trabalhadores

Sebastião Melo e Manuela D’Ávila disputarão segundo turno em Porto Alegre

16 novembro, segunda-feira, 2020 às 9:54 am

Comentários    Print Friendly and PDF

Manu e Laura

Manu e Laura

BdF – A ex-deputada Manuela D’Ávila (PCdoB) e o deputado estadual Sebastião Melo (MDB) disputarão o segundo turno das eleições na capital gaúcha. Com a apuração encerrada após as 23h deste domingo (15), Melo ficou com 31,01% da preferência dos eleitores, totalizando 200.280 votos contra 187.262 votos de Manuela, que ficou com 29%.

O atual prefeito Nelson Marchezan Júnior (PSDB), com 21,07%, 136.063 votos, ficou fora da disputa, sendo o grande derrotado da eleição.

As outras candidatas mulheres Juliana Brizola (PDT) e Fernanda Melchionna (PSOL) ficaram respectivamente em quarto e quinto lugar, com 41.407 votos a primeira e 27.994 votos a segunda. No segundo turno, dia 29, seus eleitores deverão apoiar a candidata Manuela D’Ávila.

O crescimento dos votos de Sebastião Melo se deve à cassação da chapa de José Fortunati (PTB), na segunda-feira (9) pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RS), porque o seu candidato vice-prefeito, André Cechini (Patriota), havia trocado de partido depois do prazo legal. Ao anunciar a renúncia da candidatura, Fortunati gravou um vídeo de apoio a Melo.

Coletiva à imprensa

Logo após o resultado, Manuela e seu vice, Miguel Rossetto (PT), deram uma breve coletiva à imprensa, de forma virtual. A candidata agradeceu os votos da população de Porto Alegre e afirmou ter sido uma grande vitória ter chegado ao segundo turno, após alguns anos sem a esquerda conseguir disputar o segundo turno na cidade.

"Isso demonstra que Porto Alegre quer construir um caminho diferente. Qual caminho será esse? Nós apresentamos propostas sobre esse caminho, enquanto tivemos o ataque de 10 candidaturas. Mas no segundo turno teremos que debater entre dois, espero que seja com proposta e não com baixarias”, disse ela.

Manuela salientou que o mais emblemático nesta eleição foi que Porto Alegre decidiu não votar. "Entre abstenção, brancos e nulos foram quase 45%. A grande batalha do segundo turno vai ser conquistar esse eleitorado, resgatar a sua esperança." 

A abstenção chegou a 33,08%, 528.217 eleitores não compareceram às urnas. Votos nulos chegaram a 5,8%, 42.076, e os brancos a 5,06%, 36.678.

A candidata contou que vai dialogar com as candidaturas de Juliana Brizola (PDT) e Fernanda Melchionna (PSOL) e com seus eleitores, mas que o principal a ser conquistado é aquele que não saiu de casa para votar.

“Queremos dialogar com percentual votante, mas também conversar com pessoas que não se sentiram estimuladas para sair de casa", afirmou, ressaltando que agora a missão é “encantar a cidade”, disse Manuela.

Resultados no Interior

Em Caxias do Sul, o segundo turno será disputado entre o candidato Pepe Vargas (PT), que fez 34,17%, 75.619 votos, e Adiló (PSDB), com 15,45%, 34.204 votos.

Pelotas terá segundo turno entre a atual prefeita Paula Mascarenhas (PSDB), que ficou com 49,74%, 78.599 votos, e o vereador e candidato Ivan Duarte (PT), com 14,49%, 22.889 votos.

Na região Metropolitana, o PT reelegeu o prefeito de São Leopoldo, Ary Vanazzi, com 46,43%, 46.203 votos, contra o delegado Heliomar (DEM) com 33.284 votos (33,44%).

 

 

Fonte: Walmato Paz – Brasil de Fato