Central Única dos Trabalhadores

Garantir o acesso à vacinação para proteção de todas e todos – Carmen Foro

21 dezembro, segunda-feira, 2020 às 5:34 pm

Comentários    Print Friendly and PDF

Carmen Foro1

Carmen Foro1

A pandemia do coronavírus paralisou o mundo. No Brasil, já são quase 200 mil vidas perdidas, o caos na saúde e o desgoverno de Jair Bolsonaro segue com sua irresponsabilidade e descaso com a saúde pública.

Somente no último dia 16/12, apresentou oficialmente um Plano Nacional de vacinação da Covid-19. E ainda sem data definida para o início da imunização, mas “possivelmente de meados de fevereiro para frente”, especula o general ministro Eduardo Pazuello.

Neste cenário de horror e revolta, a mobilização nacional tem que ser para assegurar a vacinação pelo Governo Federal. Neste período fascista que vivemos é necessário afirmar que é a garantia dos direitos humanos, é o direito à vida que tem que prevalecer.

Com tantas vidas perdidas, internações de brasileiros e brasileiras, em todos os estados do país, a luta é também pela defesa e fortalecimento do Sistema Único de Saúde (SUS) para que seja garantida a vacinação contra o novo coronavírus de forma gratuita e eficaz.

Para alongar ainda mais a lista de irresponsabilidades, Bolsonaro ignora o trabalho que tornou o Brasil referência mundial em imunização, e coloca em dúvida a eficiência e segurança das vacinas. Questionando todo os estudos da comunidade científica mundial e brasileira sobre a testagem, eficácia e segurança das vacinas.

Diante dessa situação, para proteger a saúde das pessoas, com destaque à classe das trabalhadoras e trabalhadores, é importante proporcionar a distribuição e acesso à vacina, atendimento hospital, testagens gratuitas para controle da pandemia e eficácia da imunização num país continental, como nosso.

A criação de alternativas para entrega eficaz das vacinas no meio rural brasileiro é fundamental para proteção das comunidades tradicionais, como ribeirinhas, quilombolas e indígenas, grupos prioritários de vacinação nacional apresentado pelo governo federal, mas também da população que vive e trabalha nas comunidades rurais.

A crise econômica pela qual o país vinha passando foi agravada com a pandemia, tornando a situação dos brasileiros ainda pior. Por isso, é fundamental pressionar o governo federal para garantir campanhas de esclarecimentos sobre a eficácia dessa imunização e o cumprimento o mais breve possível do calendário de vacinação.

A luta dos trabalhadores e trabalhadoras continua pela garantia dos empregos e recuperação da economia pelo governo federal. Além disso, devemos seguir com as recomendações de especialistas na prevenção da Covid-19, com uso de máscaras, lavar as mãos frequentemente, uso de álcool em gel e distanciamento social.

Estarmos atentos em buscar informações corretas nos veículos de comunicação, redes sociais ou outras fontes de informação sobre os cuidados e proteção com a pandemia do coronavírus.

#VacinaParaTodosJá #COVID19 #ForaBolsonaro #ForaBolsonaroMourão 

 

Carmen Foro é secretária-geral da CUT Brasil.

 

Fonte: CUT Brasil