Central Única de Trabalhadores do Estado do Rio Grande do Sul

Na saída do feriadão, CUT-RS e centrais convocam greve geral na Rodoviária de Porto Alegre

20 abril, quinta-feira, 2017 às 7:08 pm

Comentários    Print Friendly and PDF

Rodoviária greve 2

Rodoviária greve 2

Avança a preparação da greve geral de 28 de abril no Rio Grande do Sul. No final da tarde desta quinta-feira (20), a CUT-RS e centrais sindicais realizaram uma panfletagem na Estação Rodoviária de Porto Alegre, na saída para o feriadão de Tiradentes. Houve distribuição de centenas de exemplares, que foram muito bem recebidos pela população.

Clique aqui para acessar o panfleto das centrais.

A secretária de Mulheres da CUT-RS, Ísis Marques, avaliou que “a população foi bastante receptiva. Ouvimos de várias pessoas de que chega de pagar a conta”. Ela observou que “muitos idosos também se mostraram indignados porque estão chocados com a ousadia do governo em querer tirar direitos conquistados ”.

“Várias mulheres chegaram a pedir panfletos para distribuir em seus locais de trabalho”, salientou. “Isso mostra que começa a ser criado um clima de greve geral para derrotar essa estratégia golpista de retirar direitos em período tão curto de tempo”, apontou Ísis.

Rodoviária greve 3

Além da CUT, participaram da panfletagem dirigentes da Força Sindical e do CSP-Conlutas.

Parar o Rio Grande do Sul e o Brasil

“Estamos chegando cada vez mais perto da greve geral, que nunca foi tão necessária para parar o Rio Grande do Sul e o Brasil contra as reformas da Previdência e Trabalhista e a terceirização sem limites do governo ilegítimo de Michel Temer (PMDB)”, afirmou o presidente da CUT-RS, Claudir Nespolo. “Temos que lutar para impedir o fim da aposentadoria e da CLT, que nunca foi empecilho para gerar empregos e fazer o Brasil crescer”.

Para ele, é preciso reagir com unidade e mobilização para que o movimento seja coeso, forte e vitorioso. “Vários sindicatos já fizeram assembleias e os trabalhadores aprovaram a participação na greve geral. Também os rodoviários, metroviários e aeroviários, que representam o setor estratégico do transporte coletivo, já anunciaram que estarão juntos na greve geral”, destacou.

Rodviária greve4

Segundo Claudir, “não podemos ficar calados e indiferentes frente ao maior ataque já praticado na história do Brasil aos direitos sociais, trabalhistas e previdenciários por um governo ilegítimo, sem apoio da população e profundamente atolado em denúncias de corrupção”.

Mateada rumo á greve geral

A CUT-RS e sindicatos filiados promovem na manhã deste domingo (23), a partir das 10h, uma mateada junto ao Monumento ao Expedicionário, no Brique da Redenção, na capital gaúcha.

“Além de tomar chimarrão, vamos divulgar a greve geral, entregar panfletos e coletar adesões ao abaixo-assinado contra as reformas de Temer, no tradicional ponto de encontro dos porto-alegrenses”, destacou o secretário de Comunicação da CUT-RS, Ademir Wiederkehr.

Mateada rumo à greve geral

Ato no Aeroporto contra reforma trabalhista

Na próxima segunda-feira (24), a mobilização da CUT-RS e centrais começará bem cedo, com a realização de um ato às 5h da madrugada no saguão de embarque do Aeroporto Internacional Salgado Filho.

“Vamos fazer um corpo a corpo com os deputados e as deputadas federais que estarão viajando para Brasília, na semana em que o presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), pretende votar o projeto da reforma trabalhista, depois da manobra que levou à aprovação do regime de urgência, no estilo do ex-presidente cassado e preso Eduardo Cunha (PMDB-RJ)”, salientou Claudir.

Card Aeroporto

 

 

Fonte: CUT-RS