Central Única de Trabalhadores

Mulheres realizam ato em Porto Alegre pela democracia e contra o golpe nesta segunda

1 abril, sexta-feira, 2016 às 4:10 pm

Comentários    Print Friendly and PDF

Mulheres e Dilma

Mulheres e Dilma

As mulheres do Rio Grande do Sul realizam um ato pela democracia e contra o golpe do impeachment da presidenta Dilma Rousseff nesta segunda-feira (4), às 12 horas, na Esquina Democrática, no Centro de Porto Alegre.

O objetivo é reforçar a mobilização para impedir o afastamento da primeira mulher reeleita democraticamente presidenta do Brasil, com 54 milhões de votos e com mandato até 2018.

O impeachment é completamente ilegal porque Dilma não cometeu crime de responsabilidade. A chamada pedalada fiscal, praticada por diferentes governantes, nunca foi considerada crime.

“Estamos vivendo um momento decisivo e histórico no Brasil, onde está em jogo o presente e o futuro dos direitos da classe trabalhadora e nós, mulheres, estamos presentes nesta luta”, afirma a secretária de Mulheres da CUT-RS, Ísis Marques.

Trata-se de mais uma iniciativa na luta cotidiana contra o golpe. Na última terça-feira (29), foi lançado o Comitê de Mulheres Pela Democracia e Contra o Golpe, durante encontro no auditório do Sindicato dos Bancários de Porto Alegre, com a participação de feministas do PDT, PSOL, PCdoB, PT e de dezenas de movimentos sociais.

Na ocasião, as mulheres tiraram como estratégia tomar as ruas todos os dias e conversar com a população sobre o que está acontecendo no país.

Não vai ter golpe. Vai ter luta!

 

Fonte: CUT-RS