Central Única de Trabalhadores

Movimento Unificado dos Servidores define mobilização em defesa do serviço público para dia 31

18 julho, quarta-feira, 2018 às 10:49 am

Comentários    Print Friendly and PDF

MUS

MUS

O Movimento Unificado dos Servidores (MUS), integrado pela CUT-RS, se reuniu nesta terça-feira (17) na sede do CPERS, em Porto Alegre,  para definir os próximos passos da luta em defesa do serviço público gaúcho. Os representantes das entidades definiram o dia 31 de julho para o início de uma intensa jornada de mobilizações, começando por um ato unificado em local ainda a ser escolhido.

A intenção é chamar a atenção da sociedade para o desmonte do Estado e os danos causados pelo projeto de Estado mínimo, em curso no RS e no Brasil. Novos atos serão realizados até o início da janela eleitoral, alertando a população sobre os candidatos que darão continuidade à precarização dos serviços, aos ataques a servidores e à destruição das proteções sociais.

“Precisamos deixar claro o que está em jogo. Não é sobre um ou outro candidato, é sobre todos aqueles que representam a continuidade do projeto de Sartori e Temer”, destacou Helenir Aguiar Schürer, presidente do CPERS.

MUS2

Na reunião, também foi discutida a necessidade de convocar todas as 43 entidades que compõem o movimento, cuja mobilização juntou mais de 40 mil servidores em agosto de 2015. Um próximo encontro foi marcado para sexta-feira (20), às 10h, também no CPERS.

Participaram da reunião Guilherme Toniolo (Sintergs), Paulo Mesquita, Fábio Costa e Isaac Ortiz (Ugeirm), Ana Maria Spadari (Senergisul), Ubirajara Ramos (Abergs), Antonio Augusto Medeiros (Afagro), André Costa (CSB), Thomas N. Vieira (Sindpers), Cícero Correa Filho e Giana Guerin (Sindispge), e Márcia Elisa Trindade (Sindissama – Fessergs). Do CPERS, também participaram Candida Betriz Rossetto, secretária-geral, e Sônia Solange, que também é diretora da CUT-RS.

MUS1

 

Fonte: CPERS Sindicato