Central Única dos Trabalhadores

Ministro da Saúde é diagnosticado com Covid-19 e vai ficar isolado nos EUA

22 setembro, quarta-feira, 2021 às 1:40 pm

Comentários    Print Friendly and PDF

Queiroga2

Queiroga2

CUT – O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, testou positivo para Covid-19 e vai ficar 14 dias em isolamento em Nova York, no Intercontinental Barclay, onde a diária do quarto mais barato disponível sai por R$ 6 mil e o mais caro custa R$ 10 mil. Todas as despesas serão pagar pelo erário público. 

Queiroga estava nos EUA acompanhando o presidente Jair Bolsonaro (ex-PSL), que nesta terça-feira (21), discursou na abertura da 76ª sessão da Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), envergonhando os brasileiros com mentiras, distorções e ainda defendeu o tratamento precoce, não reconhecido em nenhum lugar do mundo.

O ministro, que foi o segundo caso de infecção pelo novo coronavírus na delegação brasileira, acompanhou Bolsonaro em vários momentos, inclusive quando o presidente foi comer pizza na rua por não ser vacinado, e reagiu a manifestantes contrários ao mandante brasileiro mostrando o dedo do meio.

Queiroga também esteve com Bolsonaro no plenário da Organização das Nações Unidas, fez vários passeios sem o uso da máscara pela cidade, só exigida em ambientes fechados, o que deve despertar reação internacional para rastrear os contatos do ministro e identificar possíveis focos de transmissão.

Além disso, Queiroga encontrou o primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, em reunião bilateral na segunda-feira (20), um dia antes, portanto, do diagnóstico de Covid. Na terça, Johnson se encontrou com o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, na Casa Branca. O britânico e o americano estavam usando máscaras.

 

Foto: Fernando Frazão / Agência Brasil

 

Fonte: CUT Brasil