Central Única de Trabalhadores

Marcha Zumbi dos Palmares exige que feriado da Consciência Negra seja em 20 de novembro

20 novembro, sexta-feira, 2015 às 10:00 pm

Comentários    Print Friendly and PDF

Marcha Zumbi

Marcha Zumbi

Centenas de pessoas participaram no final desta sexta-feira (20), da Marcha Zumbi dos Palmares,  que começou com uma concentração no Largo Glênio Peres, no centro de Porto Alegre.

A caminhada marcou a comemoração do Dia da Consciência Negra, que é celebrado em 20 de novembro em mais de mil cidades brasileiras e em capitais como São Paulo e Rio de Janeiro, mas que ainda não foi reconhecida, oficialmente, pela prefeitura e pela Câmara de Vereadores da capital gaúcha.

Claudir na marcha

 

“Essa marcha é uma afirmação da luta contra o racismo, a violência, as discriminações e os preconceitos”, afirmou o presidente da CUT-RS, Claudir Nespolo. “Exigimos que o feriado da Consciência Negra ocorra em 20 de novembro, data de morte de Zumbi dos Palmares, e não no terceiro domingo de novembro”, ressaltou.

CUT com os negros

Os organizadores da manifestação convocaram os participantes para um ato político na próxima segunda-feira (23), a partir das 13h30, em frente ao prédio da Câmara, para defender a instituição do feriado do dia 20 de novembro.

Eles também lembraram que a traição aos lanceiros negros, durante a guerra dos Farrapos, aconteceu no mês de novembro, na noite de 14 de novembro de 1844, com o extermínio de cerca de 600 soldados desarmados por ordem de oficial farroupilha David Canabarro em acordo com o comandante do Exército imperial.

A marcha contou com a participação de vários dirigentes da CUT-RS, percorreu a Avenida Borges de Medeiros e a Rua José do Patrocínio, e terminou no Largo Zumbi dos Palmares, onde ocorreram várias apresentações culturais.

Baianas

Fonte: CUT-RS