Central Única dos Trabalhadores

Manifestantes em atos nas capitais e cidades do interior pedem Fora Bolsonaro

21 fevereiro, domingo, 2021 às 7:25 pm

Comentários    Print Friendly and PDF

Carreata 2102

Carreata 2102

A crise financeira agravada pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19), o alto índice de desemprego com mais de 14 milhões de brasileiros sem trabalho; a falta de vacinas para imunizar a população brasileira e a demora em definir um novo auxílio emergencial para os pobres e os informais foram os motivos que levaram movimentos sociais, sindicatos e a população sair às ruas neste domingo (21) para pedir o impeachment de Jair Bolsonaro (ex-PSL). No sábado (20) também houve diversos atos em dezenas de cidades de norte a sul do país, pelo ‘Fora Bolsonaro’.

Confira como foi

Os recifenses acordaram cedo e por volta das nove da manhã começaram a se mobilizar em torno da antiga fábrica da Macaxeira, na Avenida Norte, na capital de Pernambuco.

JC Mazela

Agência JC Mazela

Na concentração, o presidente da CUT-Pernambuco, Paulo Rocha, expôs os motivos do pedido de impeachment do presidente.

“ Nós temos um governo que diz que não entende de saúde, quer forçar a população a tomar cloroquina. É um governo que não entende de economia. Na própria campanha já dizia que não entendia e que entregaria tudo a seu posto Ipiranga, Paulo Guedes. E por último não tem compromisso com a democracia. Esse governo tem que ir embora”, declarou o dirigente.

Agência JC Mazela

Atos também foram registrados pela manhã, nas cidades pernambucanas de Juazeiro e em Petrolina.

Com muitos carros e bicicletas, os manifestantes ,em Brasília, gritavam  #ForaBolsonaro e pediam por vacina e renda emergencial. “O povo precisa de emprego, comida e combustível baratos, precisa de um governo brasileiro”, diziam os puxadores da carreata.

No Espírito Santo, a carreata de hoje foi na capital Vitória. Os manifestantes também fizeram coro por Fora Bolsonaro, por auxílio emergencial e imunização de toda a população brasileira.

Goiás registrou duas carreatas na manhã deste domingo, uma na capital Goiânia e outra na cidade de Jatai. 

Ainda no Centro-Oeste, em Mato Grosso do Sul, a carreata pelo 'Fora Bolsonaro', foi na capital do estado, Campo Grande.

No Nordeste, a população da capital da Paraíba, João Pessoa, também foi griitar ‘Fora Bolsonaro’, neste domingo. Os manifestantes se concentraram pela manhã no bairro Jaguaribe e seguiram em direção ao bairro dos Funcionários.

O ato reitera a posição contrária da CUT-PB à forma como o governo federal  trata a pandemia, que já matou mais de quatro mil pessoas na Paraíba. Além da saída do presidente, a Central pede a garantia de vacinação para todos. Para Tião Santos, presidente da CUT-PB, os atos mostram a insatisfação da sociedade com o governo federal. 

"A manifestação expressa o sentimento do povo paraibano, que não suporta mais esse governo genocida, que só faz tirar os direitos do trabalhador. A carreata tem como marco principal a continuação do auxílio emergencial e vacina para toda a população”, afirmou.

No Rio de Janeiro, os manifestantes em carros e bicicletas se concentraram em torno do Monumento Zumbi dos Palmares, antes de saírem pelas ruas da capital, pedindo o impeachment de Bolsonaro.

Na cidade de Niterói (RJ), a concentração foi na Praça da Cantareira.

 

Também houve manifestações na cidade de Rio das Ostras e Teresópolis, ambas no Rio de Janeiro.

O Rio Grande do Norte não ficou de fora das manifestações por vacina, auxílio e impeachment do presidente. Em Natal, capital do estado, a carreata se concentrou no Acesso à Mãe Luiza, na Via Costeira.

No sul do país também teve proposto. Movimentos da cidade de Cascavel , no Paraná aderiram à manifestação pelo ‘Fora Bolsonaro’.

Os curitibanos também foram às ruas pedir por vacina, auxílio e impeachment.

Redes Sociais

Em Santa Catarina ocorreram atos em Florianópolis, Araranguá, Blumenau, Brusque, Criciúma, Itajaí, Joinville, Lages, Mafra, Palhoça e Rio do Sul.

Redes Sociais 

No Rio Grande do Sul, diante do agravamento da pandemia, foi realizada uma live unificada, na manhã deste domingo, em Porto Alegre, marcando o dia nacional de mobilização pelo Fora Bolsonaro por vacina já para todos e todas, auxílio emergencial e impeachment já. 

A transmissão teve início às 11h e se estendeu até as 12h30. Ao meio-dia, os participantes bateram panelas, fortalecendo o barulhaço convocado pelas centrais sindicais, movimentos sociais e frentes populares. Ao final, foi apresentado e lido um manifesto coletivo pelo Fora Bolsonaro.

 

Interior e litoral de São Paulo

Em Marília, os manifestantes de concentraram na Avenida Durval de Menezes e seguiram pelas ruas da cidade pedindo ‘Fora Bolsonaro’.

Em Itapeva, também teve carreata pela manhã, pedindo novo auxílio emergencial, vacina para todos e todas e impeachment de Bolsonaro.

Em Ribeirão Preto não foi diferente. Teve buzinaço e pedidos de Fora Bolsonaro.

Outras cidades do interior de São Paulo com atos marcados foram: Araçatuba, Itapevi, São José do Rio Preto e Santos. Veja como foi na baixada santista.

 

 

Fonte: CUT-RS com Rosely Rocha – CUT Brasil