Central Única dos Trabalhadores

Mais de 880 mil pessoas estão infectadas com coronavírus no mundo

1 abril, quarta-feira, 2020 às 2:06 pm

Comentários    Print Friendly and PDF

Coronavírus4

Coronavírus4

A pandemia do novo coronavírus (Covid-19), que já infectou mais de 883.225 pessoas em todo o mundo e fez 44.156 vítimas fatais, segundo levantamento da Universidade Johns Hopkins (UJH) dos Estados Unidos, é a maior crise sanitária dos últimos 100 anos, segundo o Secretário-Geral da ONU, António Guterres.

A crise provocada pelo coronavírus “é o maior desafio da humanidade desde a segunda guerra mundial, tanto pela ameaça às vidas quanto pelas consequências à economia mundial”, disse Guterres nesta quarta-feira, 1º de abril .

Os Estados Unidos, o novo foco da doença, registrou mais de 4 mil mortes nesta quarta-feira (1º). O Número de casos confirmados chega 187 mil.

No Brasil, subiu para 5.812 o total de casos confirmados e para 203  o de vítimas fatais da doença. O Ministério da Saúde diz que são 5.717 os casos confirmados e 201 mortes, 42 delas em apenas um dia, o maior até agora.

De acordo com as secretarias estaduais de Saúde, que atualizam os seus dados sempre na parte da manhã, já são 5.830 casos confirmados, e 203 mortes pela Covid-19 no país.

O número de pessoas contaminadas pelo Covid-19 representa um aumento de 25% com relação ao dia anterior, quando eram contabilizados 4.579 casos. Mas o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, ressaltou durante a coletiva de imprensa que as medidas de isolamento social já ajudaram a evitar um aumento ainda maior de pessoas infectadas.

Só estado de São Paulo, 2.239 pessoas estão infectadas pelo Covid-19, é o maior número do Brasil. Em seguida aparecem, Rio de Janeiro (708), Ceará (390) e Distrito Federal (332).

A região Sudeste, portanto, concentra o maior número, com 60% dos casos. O Nordeste, com 15%, o Sul, 12%, o Centro-oeste, 8%, e o Norte, 5%.

De acordo com o balanço do Ministério da Saúde nesta terça-feira, 18 estados já tiveram mortes pela Covid-19. O maior número ocorre em São Paulo, com 136 já confirmadas, seguido do Rio de Janeiro, com 23.

Coronavírus assusta no mundo

A Espanha teve um novo pico de mortes por coronavírus em um dia, foram 864 nas últimas 24 horas. É o segundo dia seguido que o país ibérico tem um pico na contagem de mortos. Com isso, a Espanha registra 9.053 mortes e o número de casos diagnosticados supera os 100 mil.

A crise do coronavírus fez a Itália prorrogar até 13 de abril as medidas de isolamento social. O país tem mais de 12.500 de mortes.

 

Fonte: Walber Pinto – CUT Brasil