Central Única de Trabalhadores

Maioria dos brasileiros é contra programa de privatizações do Bolsonaro, aponta Datafolha

10 setembro, terça-feira, 2019 às 12:23 pm

Comentários    Print Friendly and PDF

Privatizações não

Privatizações não

Recorte da pesquisa Datafolha realizada no final de agosto, divulgado nesta terça-feira (10), mostra que a maioria dos brasileiros é contra o programa de privatizações do governo de Jair Bolsonaro (PSL), que planeja se livrar do patrimônio público ainda este ano.

De acordo com a pesquisa, 67% dos entrevistados são contrários à venda para o setor privado de estatais como Correios, Petrobras e Eletrobras, Banco do Brasil e Caixa.  Outros 25% são favoráveis a privatizações; 6% declararam não saber responder e 2% disseram que são indiferentes.

65% são contra venda da Petrobras, BB e Caixa

Entre as estatais citadas pelos pesquisadores do Instituto, o maior índice de rejeição, com 65% cada, foi contra as privatizações da Petrobras (só 27% a favor) e dos bancos públicos (só 29% a favor). Quanto à venda dos Correios, 60% disseram que são contra e 33% a favor.

Até eleitores de Bolsonaro são contra entrega da Petrobras ao capital internacional

De acordo com o Datafolha, o único segmento da sociedade que apoia a entrega da Petrobras, patrimônio do povo brasileiro, ao capital internacional é o que declarara ser simpatizante do PSL, partido de Bolsonaro, mas os que votaram em Bolsonaro são contra.

Entre os simpatizantes do PSL 67% a favor e 27% contra. Já entre os eleitores de Bolsonaro, 53% são contra e 39% são a favor.

A Petrobras não está na lista das 17 estatais que o governo anunciou que pretende vender ainda este ano, mas o banqueiro Paulo Guedes, ministro da Economia, disse em palestra a empresários que está nos planos do governo a privatização da petroleira.

Os que se dizem bem informados apoiam o desmonte

De acordo com a pesquisa, entre os que se dizem bem informados sobre o programa de privatizações, 44% são a favor, e entre os que se declararam estar mais ou menos informados, cai para 34%. Já entre os que consideram  que estão mal informados sobre o tema, o percentual cai para 21%. Entre os que declararam não saber nada sobre o tema, cai para 15%.

Metodologia

A pesquisa Datafolha foi feita em 29 e 30 de agosto.

Foram entrevistadas 2.878 pessoas em 175 municípios de todas as regiões do país.

A margem de erro da pesquisa é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos, e o nível de confiança é de 95%.

 

Fonte: CUT Brasil