Central Única de Trabalhadores

INPC sobe 0,04% em outubro e acumula 2,55% nos últimos 12 meses, aponta IBGE

8 novembro, sexta-feira, 2019 às 2:06 pm

Comentários    Print Friendly and PDF

custo de vida

custo de vida

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) teve elevação de 0,04% em outubro, após recuar 0,05% em setembro, segundo dados divulgados nesta quinta-feira (7) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A taxa de outubro foi a menor para o mês desde o início do Plano Real.

Como resultado, o índice acumulou uma elevação de 2,67% no ano de 2019, além de avanço de 2,55% em 12 meses. Em outubro de 2018, o INPC tinha sido de 0,40%.

O INPC mede a variação dos preços para as famílias com renda de um a cinco salários mínimos e chefiadas por assalariados.

IPCA

Com altas em itens como alimentos fora de casa, gasolina e planos de saúde e queda na energia elétrica, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) variou 0,10% no mês, ante -0,04% em setembro, no menor resultado para outubro desde 1998, segundo o IBGE. Agora, o indicador oficial da inflação no país soma 2,60% no ano e 2,54% em 12 meses.

Três dos nove grupos tiveram deflação, com destaque para Habitação: -0,61%. Isso representou -0,10 ponto percentual na taxa geral de outubro. De acordo com o instituto, o custo com energia elétrica caiu 3,22%, em média, com a passagem da bandeira tarifária vermelha para a amarela. O IBGE apurou altas na taxa de água e esgoto (0,52%) e no gás de botijão (0,74%).

 

Fonte: CUT-RS com Rede Brasil Atual