Central Única dos Trabalhadores

Grupo Hospitalar Conceição suspende visitas a pacientes para evitar contaminação

13 janeiro, quinta-feira, 2022 às 5:18 pm

Comentários    Print Friendly and PDF

GHC-1 (2)

GHC-1 (2)

BdF – Estão suspensas, a partir desta sexta-feira (14), as visitas aos pacientes internados nas unidades do Grupo Hospitalar Conceição (GHC): hospitais Nossa Senhora da Conceição, Criança Conceição, Cristo Redentor e Fêmina, localizados em Porto Alegre. A entrada dos acompanhantes, conforme previsto em lei, permanece.

A medida foi tomada em reunião do Gabinete de Gerenciamento de Crise, realizada na manhã de terça-feira (11), com o objetivo de prevenir a transmissão da covid-19 em razão do aumento do número de casos na comunidade. O número de casos confirmados até 12 de janeiro pela Secretaria de Saúde (SES) já supera o total registrado nos meses de novembro e dezembro.

Segundo o diretor técnico do GHC, o médico Francisco Paz, “a medida visa preservar o pessoal dos hospitais e os pacientes de possíveis contaminações vindas da comunidade, uma vez que a variante ômicrom do coronavírus se espalha muito rapidamente".

GHC (2)

Metade dos trabalhadores afastados tem covid-19

Paz disse ainda que 462 trabalhadores do GHC estão afastados por doença, sendo que 50% deles por covid-19. “Isso nunca tinha acontecido durante toda a pandemia”, afirmou o médico.

Acrescentou que a situação trás sérios problemas para a composição das escalas de pessoal. “Temos resolvido os problemas através de horas extras, banco de horas e algumas outras alternativas, por enquanto ainda não temos um impacto paralisador”, explicou.

Outros hospitais também restringem visitas

Ele ainda informou que outros hospitais tomaram a mesma medida já a partir de hoje (13): o Grupo Santa Casa de Misericórdia e o Hospital Independência. O Hospital Divina Providência também adotou essa estratégia.

"O Hospital de Clínicas também está restringindo visitas embora não as tenha proibido, mas está controlando de outras formas para evitar o problema”, diz Paz.

No entanto, ele explicou que a nova variante não está causando muitas novas internações. “Hoje estamos com 25 pessoas internadas com covid nas enfermarias e apenas uma na Unidade de Tratamento Intensivo”, concluiu.  

O GHC é o maior serviço de saúde pública do estado, sendo responsável por grande parte das internações e serviços ambulatoriais pelo SUS na Região Metropolitana de Porto Alegre.

 

Fotos: GHC / Divulgação

 

Fonte: Walmaro Paz / Brasil de Fato