Central Única de Trabalhadores

Ex-ministra Luiza Bairros é velada na Assembleia Legislativa do RS e sepultamento ocorre nesta quinta

13 julho, quarta-feira, 2016 às 9:57 pm

Comentários    Print Friendly and PDF

15527_planalto.gov_

15527_planalto.gov_

A ex-ministra da Igualdade Racial, Luiza Bairros, está sendo velada no Memorial Legislativo, da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul. O sepultamento será realizado às 15h desta quinta-feira (14), no Cemitério João XXIII, em Porto Alegre.

Luiza morreu na manhã desta terça-feira (12), aos 63 anos, vítima de câncer de pulmão. Filiada ao PT, ela ocupou o cargo na gestão da presidenta Dilma Rousseff, entre 2011 e 2014.

“Ela foi uma grande lutadora na defesa dos direitos das negras e negros e no combate ao racismo”, afirma a secretária de Combate ao Racismo da CUT-RS, Angélica do Nascimento. Ela destaca os avanços que Luiza operou enquanto ocupava o Ministério da Igualdade Racial.

A ex-ministra foi responsável por criar o Sistema Nacional de Promoção da Igualdade Racial (Sinapir), com o objetivo de implementar políticas públicas voltadas a proporcionar à população negra, igualdade de oportunidades e instâncias de combate à discriminação e à intolerância.

“Existem poucas militantes como ela, que são verdadeiras guerreiras. Sem dúvida, é um perda irreparável para o movimento negro”, lamenta Angélica.

Luiza se dedicava, desde que deixou o ministério, à atividade acadêmica e a projetos pessoais. Era mestre em ciências sociais pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) e doutora em sociologia pela Michigan State University.

Ela se graduou em Administração Pública e de Empresas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul e era especialista em Planejamento Regional pela Universidade Federal do Ceará.

Gaúcha de Porto Alegre, Luiza se mudou para a Bahia em agosto de 1979, após ter contato com o Movimento Negro Unificado durante a reunião anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência, meses antes, em Fortaleza.

A CUT-RS e a Secretaria de Combate ao Racismo lamentam profundamente o falecimento da companheira e manifestam solidariedade e condolências aos seus familiares,  aos amigos e ao movimento negro.

Luiza Bairros, presente!

 

 

Fonte: CUT-RS com informações do G1