Central Única de Trabalhadores

Enquanto empresários “comemoram” no Hotel Sheraton, trabalhadores protestam contra reforma trabalhista

13 julho, sexta-feira, 2018 às 6:23 pm

Comentários    Print Friendly and PDF

Sheraton2

Sheraton2

A CUT-RS, centrais sindicais, CPERS, federações e sindicatos fizeram nesta sexta-feira (13) um ato público contra a reforma trabalhista e o desemprego em frente ao Hotel Sheraton, no bairro Moinhos de Vento, em Porto Alegre. A manifestação aconteceu durante reunião-almoço, com “inscrições gratuitas”,  promovido por confederações e federações empresariais. em parceria com a Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público, presidida pelo ex-ministro do Trabalho e deputado golpista Ronaldo Nogueira (PTB-RS).

A atividade ocorreu no dia em que faz um ano da sanção da lei 13.467/2017 pelo presidente golpista Michel Temer (MDB), que rasga a CLT, retirando direitos e precarizando o trabalho.

Com anúncios e propagandas enganosas em páginas inteiras, publicados diariamente desde a semana passada nos principais jornais da capital gaúcha, além de inserções em rádios e sites, o evento dos empresários foi batizado de “Jornadas Brasileiras de Relações do Trabalho” e vem sendo realizado em várias cidades do estado, incluindo bases eleitorais do deputado, como Carazinho, para “comemorar” o primeiro aniversário da reforma trabalhista, que só trouxe prejuízos para a classe trabalhadora.

Entre os financiadores dessas “jornadas”, que ocorrem no período que antecede as eleições de outubro, quando o deputado Ronaldo Nogueira concorre à reeleição, estão entidades patronais, como CNI, Consif, Febraban, Fiergs, Federasul, Fecomércio, Farsul e ADCE.

Sheraton1

Quadrilha de ladrões de direitos

Com faixas e bandeiras, os manifestantes se anteciparam à chegada de empresários. Um a um, os convidados foram sendo vaiados ao descerem dos carros de luxo no acesso ao hotel.

“Vocês prometeram emprego e o resultado dessa reforma está aí: 14 milhões de desempregados e mais os que desistiram de procurar trabalho”, denunciou o presidente licenciado da CUT-RS, Claudir Nespolo. “Cadê os empregos que vocês prometeram?”, perguntou.

DSC_5608 A

“Quadrilha de ladrões de direitos, que se reúnem no Sheraton, o hotel mais chique de Porto Alegre, achando que nós não viríamos aqui, mas nós viemos sim”, disse o metalúrgico.

“Vocês são falcatruas. E você, Nogueira, não volta pra Brasília, porque é também um ladrão de direitos. Você foi servil à ganância da elite econômica brasileira”, avisou Nespolo, uma vez que as entidades filiadas à CUT farão campanha para que não seja reeleito quem votou contra os trabalhadores.

Sheraton3

Nespolo criticou duramente os empresários que financiaram o golpe em troca da reforma trabalhista. “Uma elite empresarial falida e preguiçosa que, ao invés de trabalhar, prefere aumentar seus lucros à custa da retirada dos direitos dos trabalhadores. Vocês estão aqui para comemorar, mas não se esqueçam de que não existe almoço grátis no capitalismo”, ironizou. “Vocês preferem arrancar o couro do trabalhador. Vocês são uma vergonha para o Brasil!”

“Vocês roubaram o futuro do emprego no Brasil. Mas nós vamos derrotar vocês nas eleições. Vocês vão ter que engolir Lula e a esquerda”, concluiu.

Assista ao vídeo com a fala de Claudir Nespolo!

 Assista à reportagem no Seu Jornal da TVT!

 

 

Fonte: CUT-RS