Central Única dos Trabalhadores

Deputado Tortelli considera insuficiente proposta de Sartori para reajuste do mínimo regional

12 fevereiro, sexta-feira, 2016 às 6:18 pm

Comentários    Print Friendly and PDF

Torteli

Torteli

A proposta do governo Sartori para reajustar o salário mínimo regional em 9,612 % foi criticada, na tarde desta sexta-feira (12), pelo deputado estadual Altemir Tortelli (PT). De acordo com o parlamentar, o índice de reajuste oferecido é insuficiente para contemplar os cerca de 1,5 milhão de trabalhadores gaúchos que recebem o piso regional, pois está abaixo da inflação do período, bem como inferior ao valor reivindicado pelas centrais sindicais.

“A valorização do salário mínimo regional deve estar inserida em uma estratégia de desenvolvimento para o Estado. Além de não estar disposto ao diálogo com os trabalhadores, o governo agora apresenta uma proposta muito aquém das expectativas”, afirma Altemir Tortelli.

O deputado lembra que a inflação do período alcançou 11,31 % e que o valor reivindicado pelas categorias que recebem o piso foi de 11,68 %, o mesmo percentual de reajuste concedido pelo Governo Federal para o salário mínimo nacional.

Tortelli complementa que o valor oferecido atende exclusivamente aos interesses das entidades patronais, que mantêm uma posição histórica de rechaço ao salário mínimo regional. “O governo deveria estar ao lado dos trabalhadores. O índice abaixo da inflação representa arrocho salarial, empobrecimento da classe trabalhadora e menor poder de consumo a diversos segmentos, o que reflete no desaquecimento do mercado e da economia gaúcha”, argumenta o parlamentar.

Segundo Altemir Tortelli, a gestão Sartori não compreende o salário mínimo regional como um instrumento de distribuição de renda e de redução da desigualdade social. “Continuaremos mobilizados, junto às centrais sindicais, para tentar garantir a aprovação de uma emenda, na Assembleia Legislativa, que eleve o índice de reajuste do piso para um patamar mais digno aos trabalhadores”, antecipa Tortelli.

Projeto de lei para o reajuste de 9,612 % foi protocolado pelo Governo do Estado nesta sexta-feira (12) no Parlamento gaúcho. A proposta deverá ser analisada pelo Legislativo nas próximas semanas. O novo valor do salário mínimo regional deverá entrar em vigor a partir de publicação com retroatividade a 1º de fevereiro de 2016.

 

Fonte: Assembleia Legislativa