Central Única de Trabalhadores

Deputado Mainardi defende realização do plebiscito sobre venda de estatais em audiência pública em Bagé

14 abril, domingo, 2019 às 3:29 pm

Comentários    Print Friendly and PDF

Mainardi em Bagé

Mainardi em Bagé

O líder da bancada do PT na Assembleia Legislativa, deputado Luiz Fernando Mainardi, reafirmou a luta contra a privatização da Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE), Sulgás e Companhia Riograndense de Mineração (CRM) e voltou a defender a realização de plebiscito para decidir o futuro das estatais.

A manifestação foi feita na tarde de sexta-feira (12), em Bagé, durante a terceira audiência pública promovida pela Assembleia Legislativa do RS para interiorizar a campanha Valores que ficam – iniciativa que busca direcionar 3% do imposto de renda devido à entidades sociais do Rio Grande do Sul e para debater sobre as privatizações.

Mainardi argumentou que entregar à iniciativa privada não é garantia nenhuma de qualidade. Usou como exemplo, o Cais Mauá, em Porto Alegre, que está há 30 anos para ser entregue à iniciativa privada e até hoje a obra não saiu.

“O empresário só vai onde terá algum lucro. Ano passado o Banrisul deu mais de R$ 1 bilhão de lucro. Os 2/3 da CEEE que foram privatizados estão com péssimos serviços. Na rede da RGE há lugares em que a linha segura o poste porque a RGE não faz nenhum investimento, apesar dos milhões de lucro registados no ano passado”, criticou.

O deputado, que foi secretário do governo Tarso, recordou que naquele período a CRM deu muito lucro. “Quando a CEEE foi privatizada, o filé foi para a iniciativa privada e a carne de pescoço ficou para o Estado. Somos contrários à privatização. O governo diz que quer vender, mas fico imaginando que, se fizerem o que ousam dizer que querem fazer, governos eficientes, as empresas darão lucro e aí ficará mais difícil privatizar. Isso deve ser muito difícil para eles”, disparou.

 

 

Fonte: Claiton Stumpf – Assembleia Legislativa do RS