Central Única de Trabalhadores

CUT-RS realiza vigília em defesa da democracia e contra o golpe nesta sexta em Porto Alegre

4 março, sexta-feira, 2016 às 12:47 pm

Comentários    Print Friendly and PDF

Não vai ter golpe3

Não vai ter golpe3

A CUT-RS, em conjunto com várias entidades, realiza nesta sexta-feira (4), às 17h, uma vigília em defesa da democracia, da Constituição e contra o golpe, na Esquina Democrática (Andradas com Borges de Medeiros), no centro de Porto Alegre. O objetivo é dar a primeira resposta  do movimento sindical e dos movimentos sociais à condução coercitiva nesta manhã do ex-presidente Lula para depor na Polícia Federal, em São Paulo.

“Querem tirar o Lula da disputa eleitoral de 2018 e estão usando o biombo da corrupção para sensibilizar e iludir a sociedade brasileira para varrer o projeto que trouxe avanços sociais e trazer de volta o velho projeto neoliberal que retira direitos da classe trabalhadora”, afirma o presidente da CUT-RS, Claudir Nespolo.

Haverá também às 15h, uma entrevista coletiva à imprensa da Frente Brasil Popular, na Assembleia Legislativa, para denunciar o golpe.

Neste sábado (5), às 9h, acontece uma plenária das entidades e movimentos sociais, na sede da CUT-RS, para definir novas estratégias e mobilizações em defesa do estado democrático de direito e contra o golpe.

Plenária de mobilização da CUT-RS

Na próxima terça-feira (8), às 14h, a CUT-RS realiza uma plenária de mobilização em defesa da democracia, da Constituição e contra o golpe, no auditório do Sindicato dos Bancários de Porto Alegre (Rua General Câmara, 424). O objetivo é analisar a conjuntura e definir atividades de luta.

“Estamos chamando todos os dirigentes da CUT, coordenadores de regionais, federações e sindicatos, para que venham participar desta grande resistência do povo brasileiro contra os golpistas e em defesa da democracia e da Constituição”, ressalta Claudir.

Após a plenária, acontece a Marcha das Mulheres, marcando a celebração do 8 de Março, Dia Internacional das Mulheres, com concentração a partir das 17h, no Largo Glênio Peres, no centro da capital gaúcha.

Dia 13 é nosso

Outra grande mobilização será promovida no próximo dia 13 (domingo), às 12h, no Parque da Redenção. “O dia 13 é nosso e, para tanto, vamos pegar as nossas bandeiras e tomar as ruas para defender os direitos dos trabalhadores e a democracia, o que está sendo ameaçado pelos golpistas”, salienta Claudir.

 

 

Fonte: CUT-RS