Central Única dos Trabalhadores

CUT-RS promove live com Tarso Genro sobre Fora Bolsonaro em defesa da vida e do Brasil

17 junho, quarta-feira, 2020 às 5:15 pm

Comentários    Print Friendly and PDF

Live de 17.06

Live de 17.06

A CUT-RS promoveu, no início da noite desta quarta-feira (17), uma live sobre a importância do “Fora Bolsonaro” para a defesa da vida e do Brasil, com a participação do ex-governador e ex-ministro da Justiça, Tarso Genro, a deputada federal Érika Kokay (PT-DF), o presidente da CNM-CUT, Paulo Cayres, e a torcedora antifascista do Grêmio, Patrícia Ferreira. O mediador foi o presidente da CUT-RS, Amarildo Cenci.

O debate foi transmitido ao vivo nas páginas da CUT-RS e da CUT Brasil no Facebook.

Assista à transmissão

“Queremos debater a necessidade de afastamento do Bolsonaro, cujo desgoverno coloca em risco a vida do povo brasileiro e a democracia em meio à pandemia do coronavírus. Não faltam razões, muito menos crimes de responsabilidade”, afirma Amarildo. 

O dirigente da CUT-RS salienta que há vários pedidos de abertura de processo de impeachment na Câmara dos Deputados. Um deles foi protocolado em 21 de maio por partidos de oposição e mais de 400 entidades da sociedade civil, juristas e personalidades públicas. Tarso é um dos signatários. Erika estava presente na manifestação em frente ao Congresso e tem se destacado em âmbito nacional.

Rampa

Além disso, há investigações e julgamentos em andamento no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), envolvendo a prestação de contas da campanha eleitoral, e no Supremo Tribunal Federal (STF), que abriu inquérito para investigar fake news.

Nos últimos domingos, as torcidas antifascistas do Grêmio e do Inter colocaram máscaras e tomaram as ruas do centro de Porto Alegre, gritando “Fora Bolsonaro” e defendendo a democracia. No dia 7, os protestos cresceram e ganharam o apoio de movimentos antirracistas, levando ao recuo dos fascistas que não se manifestaram.

Pare de nos matar

A CUT tem reafirmado a defesa da vida, do emprego, da renda, dos direitos, da democracia e do “Fora Bolsonaro”. O presidente Bolsonaro e o seu governo, em especial o ministro da Economia, Paulo Guedes, são responsáveis pelas mortes dos brasileiros, pela retirada de direitos dos trabalhadores e pelo agravamento da crise econômica, sanitária e social no país.

“Precisamos unir esforços em todas as frentes de luta para afastar Bolsonaro e acabar com o genocídio de milhares de brasileiros e a destruição de empregos, de direitos e da soberania nacional”, ressalta Amarildo.

Cartaz6

Participantes

Tarso Genro

É advogado, jurista e foi governador do Rio Grande do Sul, prefeito de Porto Alegre, ministro da Justiça, ministro da Educação e ministro das Relações Institucionais nos governos Lula

Erika Kokay

É bancária da Caixa, deputada federal do PT-DF e foi deputada distrital e presidente do Sindicato dos Bancários de Brasília e da CUT-DF.

Paulo Cayres

É metalúrgico e atual presidente da Confederação Nacional dos Metalúrgicos (CNM-CUT). Foi vice-presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC. É também secretário sindical nacional do PT.

Patrícia Ferreira

É jornalista, torcedora do Grêmio e integrante do Coletivo Elis Vive – coletivo de mulheres feministas e antifascistas da torcida Tribuna 77, que combate preconceitos e discriminação nos estádios, nas redes digitais e nas manifestações de defesa dos direitos e da democracia.

Mediador

Amarildo Cenci

É professor e presidente da CUT-RS. Também é diretor do Sindicato dos Professores do Ensino Privado do Rio Grande do Sul (Sinpro-RS).

Live - coletivo

Fonte: CUT-RS