Central Única dos Trabalhadores

CUT-RS condena racismo e repudia assassinato de homem negro no Carrefour em Porto Alegre

20 novembro, sexta-feira, 2020 às 2:53 pm

Comentários    Print Friendly and PDF

Vidas Negras

Vidas Negras

A CUT-RS condena todo e qualquer ato de racismo e repudia com veemência o brutal assassinato do homem negro João Alberto Silveira Freitas, o Beto, de 40 anos, após ser espancado com violência no estacionamento do Carrefour, no bairro Passo D’Areia, em Porto Alegre, na noite desta quinta-feira (19), véspera do Dia da Consciência Negra. Ele foi agredido e imobilizado por dois homens brancos, um segurança de uma empresa terceirizada e o outro um policial militar temporário. 

Foi mais uma vida ceifada, sem qualquer justificativa. Uma vida negra. Se Beto fosse branco, nada disso teria acontecido. Isso traz a reflexão de quanto ainda temos que lutar e denunciar a postura do governo Bolsonaro. Ao não condenar os crimes contra o povo negro e os pobres e incentivar o armamento da população, ele acaba promovendo o ódio, o racismo, a violência e a barbárie.

O assassinado de Beto ocorreu dias após o povo de Porto Alegre, como outras cidades brasileiras, ter obtido uma importante vitória nas urnas, com a eleição de uma bancada negra para a Câmara de Vereadores, composta por quatro mulheres e um homem, todos jovens, como resultado do crescimento da luta antirracista e pela igualdade de direitos.

A atrocidade repetiu também a tragédia ocorrida recentemente nos Estados Unidos, quando outro homem negro Geoge Floyd morreu sufocado por policiais brancos, o que motivou o movimento "Vidas negras importam" que se espalhou pelo mundo em protesto contra a violência ao povo negro.

Por isso, além de manifestar toda a nossa indignação frente ao assassinato no Carrefour, que é reincidente em casos de violência, e exigir justiça para Beto e a punição dos culpados, reafirmamos o nosso compromisso de continuar lutando ao lado do movimento negro para varrer essas práticas racistas e violentas da sociedade e construir um país que respeite a diversidade e a dignidade de negros e negras.

Vidas negras importam!

Basta de racismo!

Viva o Dia da Consciência Negra!

Viva Zumbi dos Palmares e Dandara!
 

Porto Alegre, 20 de novembro de 2020


Amarildo Cenci
Presidente da CUT-RS

Isis Garcia
Secretária de Combate ao Racismo da CUT-RS

 

Fonte: CUT-RS