Central Única de Trabalhadores

CUT Bahia defende justiça, direitos e democracia na lavagem do Bonfim que reúne mais de 10 mil em Salvador

12 janeiro, sexta-feira, 2018 às 10:41 am

Comentários    Print Friendly and PDF

Baianos

Baianos

O tradicional cortejo seguido da lavagem das escadarias do santuário do Senhor do Bonfim, realizado nesta quinta-feira (11), em Salvador, foi além da fé e saiu em defesa da democracia na caminhada durante os oito quilômetros, entre  a basílica de Nossa Senhora da Conceição da Praia e a Colina Sagrada.

Cerca de 10 mil ativistas fizeram um ato em defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O recurso de Lula à sentença condenatória sem provas do juiz Sérgio Moro será julgado no próximo dia 24, no Tribunal Regional Federal 4ª Região (TRF4), em Porto Alegre.

A CUT Bahia foi um dos protagonistas neste movimento e levou o tema deste ano estampado na faixa “Somos Todos Lula, por Justiça, Direitos e Democracia”, atraindo atenção durante o  cortejo. Muitos baianos e turistas queriam ficar perto, aplaudiam, acenavam positivamente, queriam registrar uma foto junto a uma frase que tanto lhes representavam.

Mas o “bloco” em defesa da democracia era bem maior, reuniu dirigentes do Sindipetro, Sindiquímica, Sincotelba, Sindiprev, Silttel, Sinergia, Sindicato dos Vigilantes, Sindicato dos Rodoviários, Sispec, Sindicato dos Metalúrgicos de Feira, presidentes  nacional  e estadual do PT, Gleisi Hoffmann e Everaldo Augusto, vice-presidente do PT, Martiniano Costa, políticos de esquerda, das demais centrais e representantes de movimentos sociais.

Bomfim

A mobilização de resistência durante uma das festas mais populares da Bahia faz parte das ações em apoio ao do ex-presidente Lula que tiveram o ponta pé inicial em Salvador, com o  lançamento do Comitê Popular em Defesa da Democracia e do Direito de Lula ser Candidato na Bahia, e seguirá com o júri popular, nos dias 23 e 24.

A 245ª Lavagem do Bonfim contou com celebração ao Senhor do Bonfim, solicitação de benção, agradecimentos de graças alcançadas, camisas brancas, animação de nosso povo e um diferencial: a luta e apoio da população para o direito de Lula ser candidato.

“A Lavagem do Bonfim 2018 foi um exemplo de fé. É um orgulho levarmos durante todo o cortejo a nossa esperança firme que o Brasil em 2018 voltará a ser um país que será pensado para todos, que a classe trabalhadora alcance mais direitos e que a democracia seja soberana. O povo tem voz e sabedoria e demonstrará nas eleições de 2018. Eleições sem Lula é fraude”, enfatiza Cedro Silva, presidente da CUT Bahia.

Bom fim

 

Fonte: CUT Bahia e Rede Brasil Atual