Central Única de Trabalhadores

Cpers quer que Secretaria de Educação abone faltas em dias de greve

24 setembro, quinta-feira, 2015 às 11:47 am

Comentários    Print Friendly and PDF

Cpers com Vieira

A direção do Centro dos Professores do Estado do Rio Grande do Sul (Cpers) se reuniu, na manhã desta quarta-feira (23), com o secretário estadual de Educação, Vieira da Cunha, para entregar um ofício solicitando que não seja descontado o salário dos servidores referentes aos dias de greve, paralisação e funcionamento de escolas em períodos reduzidos. A reunião ocorreu no gabinete de Vieira.

Existe uma expectativa de que o governo do Estado determine o corte do ponto dos servidores que participaram de manifestações contra o pacote de ajuste fiscal encaminhado à Assembleia Legislativa.

A presidente do CPERS, Helenir Aguiar Schürer, argumentou com o secretário que o ponto dos servidores da Educação não deve ser cortado porque eles terão de recuperar as aulas perdidas no período, o que os diferencias de outras categorias que fazem essa reposição. “Se houver descontos nos salários, não teremos recuperação das aulas e o fechamento do calendário escolar”, disse.

Vieira disse aos educadores que essa é uma decisão que depende do governo e que ele irá levar a reivindicação a José Ivo Sartori.  “Tenho total respeito ao Sindicato, aos educadores e às mobilizações que vêm sendo feitas. Da minha parte estarei buscando uma solução junto ao governador, sendo os educadores uma categoria diferenciada das demais, pois entendemos que as aulas terão que ser recuperadas”, disse o secretário.

Uma nova reunião foi marcada para a próxima segunda-feira (28), quando o secretário deve dar um retorno à solicitação dos professores.

 

Fonte: CUT-RS com Cpers Sindicato e Sul21