Central Única de Trabalhadores

Comitê Sindical Lula Livre denuncia prisão injusta do ex-presidente para rodoviários de Porto Alegre

16 maio, quarta-feira, 2018 às 8:26 pm

Comentários    Print Friendly and PDF

Garagem - Claudir

Garagem - Claudir

O Comitê Sindical Lula Livre realizou panfletagem na madrugada desta quarta-feira (16) em seis garagens de ônibus de Porto Alegre, dialogando com os rodoviários sobre a necessidade de libertação do ex-presidente Lula, que está sendo  mantido como preso político desde 7 de abril, na Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba, para tentar impedi-lo de ser candidato nas eleições de outubro. Ele foi condenado sem provas e sem crime.

A panfletagem foi decidida em reunião ocorrida na última quinta-feira (10), na sede da CUT-RS, em Porto Alegre, quando foi lançado o Comitê Sindical Lula Livre, formado por dirigentes de vários sindicatos e federações, com o objetivo de mobilizar a classe trabalhadora para libertar o ex-presidente.

Garagem - Lirio

Lula é líder de todas as pesquisas de intenção de voto para presidente da República. “Não existe plano B, C ou D. Lula tem o direito de ser candidato, mesmo se continuar preso por um crime que não cometeu. Ele representa a esperança do povo para retomar a geração de empregos, revogar o entulho do golpe, como a antirreforma trabalhista, e fazer o Brasil voltar a crescer para distribuir renda”, afirma o presidente da CUT-RS, Claudir Nespolo.

O panfleto entregue aos rodoviários mostra o que a mídia golpista esconde. A economia piorou depois do golpe de 2016, que derrubou sem crime de responsabilidade a presidenta Dilma. O desemprego cresceu e atingiu 13,7 milhões de  brasileiros e brasileiras. Aumentou também a informalidade e os contratos intermitentes e parciais, precarizando o trabalho e reduzindo a renda da classe trabalhadora.

“As eleições somente serão legítimas com a participação do Lula”, ressalta o secretário de Meio Ambiente da CUT-RS e coordenador do Comitê Sindical, Paulo Farias. Para ele, “a prisão do Lula só será revertida com mobilização popular”.

Garagem - Marizar

Haverá também nova distribuição de panfletos para outras categorias de trabalhadores, assim como nos parques e locais de grande circulação de pessoas no centro e nos bairros da capital gaúcha.

“Temos que dialogar com os trabalhadores e a população para demonstrar que Lula é inocente, que ele é um preso político e que eleições sem Lula é fraude”, conclui o secretário-geral adjunto da CUT-RS, Amarildo Cenci.

Empresas - panfletagens

Ao longo do dia, houve também panfletagens no Camelódromo e na Estação Rodoviária, bem como na porta de várias empresas.

Assista ao vídeo da reportagem exibida no Seu Jornal da TVT!

 

 

Fonte: CUT-RS