Central Única de Trabalhadores

Cesta básica de Porto Alegre tem queda de 3,66% em fevereiro, aponta Dieese

15 março, terça-feira, 2016 às 9:08 am

Comentários    Print Friendly and PDF

Cesta básica

Cesta básica

O valor da cesta básica de Porto Alegre registrou queda de 3,66% no mês de fevereiro, passando de R$ 432,64 para R$ 416,82. Com a variação acumulada no ano, a cesta ficou 1,78% mais barata, conforme o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE).

Dos treze produtos que compõem o conjunto de gêneros alimentícios essenciais, quatro registraram queda: o tomate (-23,22%), a banana (-5,70%), a batata (-5,35%) e a carne (-1,04%), produto de maior peso na cesta. Em sentido inverso, oito itens ficaram mais caros: o feijão (8,09%), o óleo (5,99%), a manteiga (3,87%), a farinha (2,20%), o açúcar (1,78%)o leite (1,61%), o café (1,31%) e o pão (0,72%). O arroz foi o único item a não sofrer variação de preço no mês (0,00%).

Entre as capitais brasileiras pesquisadas, São Paulo foi a com maior custo da cesta básica (R$ 443,40), seguida de Brasília (R$ 438,69), Manaus (R$ 437,86) e Florianópolis (R$ 430,69). Os menores valores foram em Natal (R$ 331,79), Salvador (R$ 337,84), Maceió (R$ 347,38) e Rio Branco (R$ 349,22).

Nos dois primeiros meses de 2016, as maiores variações acumuladas foram observadas em Manaus (19,05%), Aracaju (18,43%), Belém (15,60%) e Fortaleza (13,10%). As menores altas ocorreram em Curitiba (0,25%) e Florianópolis (1,56%). As duas únicas quedas foram anotadas em Porto Alegre (-1,78%) e Campo Grande (-0,15%).

 

Fonte: Jornal do Comércio