Central Única dos Trabalhadores

Centrais e movimentos sociais promovem barulhaço neste sábado em Porto Alegre por vacina para todos já

26 fevereiro, sexta-feira, 2021 às 6:57 pm

Comentários    Print Friendly and PDF

Barulhaço - capa

Barulhaço

As centrais sindicais e os movimentos sociais no Rio Grande do Sul realizam neste sábado (27), às 20h30, um barulhaço em Porto Alegre por vacina para todos e todas já. Vale bater panelas, fazer apitaço e soltar gritos e berros de Fora Bolsonaro.

“Chamamos os trabalhadores e as trabalhadoras, os estudantes, as mães e os pais de alunos, assim como a população em geral, a participarem ativamente do barulhaço. Não é possível ficar indiferente e não fazer nada. Temos que reagir e protestar contra a negligência e a incompetência do governo negacionista e genocida de Bolsonaro”, afirma o presidente da CUT-RS, Amarildo Cenci.

RS enfrenta caos na saúde

O Estado vive o seu pior momento desde o início da pandemia, com enorme crescimento de contaminação pela Covid-19, aumento do número de mortes, pico de internações em leitos hospitalares e falta de vacinação e de testagem em massa. O governador Eduardo Leite (PSDB), anunciou que, a partir deste sábado, todo o território gaúcho ficará sob bandeira preta, ou seja, sob risco altíssimo de contágio. 

O RS já registra mais de 12 mil vidas perdidas e mais de 632 mil infectados. É o quarto estado com maior número de mortes no Brasil.

A ocupação dos leitos em Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), no estado, estava em 94,7% nesta sexta-feira (26), sendo 2.589 pacientes em 2.734 leitos de UTI. O caos fez com que os leitos do Sistema Único de Saúde (SUS) ocupados se aproximem dos 90%, estando em 89,2%.

Cruzes no Piratini
Centrais sindicais levaram manifesto ao governador com propostas de vacinação.

Não vamos doar a vida para salvar a economia

A manifestação ocorrerá também após o prefeito Sebastião Melo (MDB), que já foi impedido pela Justiça de fazer distribuição de cloroquina na rede pública de saúde, divulgar nesta quinta-feira (25) um vídeo, pedindo apoio à população para salvar a economia. “Contribua com a sua família, com a sua cidade, com a sua vida, para que a gente salve a economia do município de Porto Alegre”, apelou.

“O prefeito está redondamente enganado. Não vamos doar a vida para salvar a economia. A solução para acabar com a pandemia é garantir vacina sem demora e com rapidez para imunizar a população”, respondeu o dirigente da CUT-RS.

Para Amarildo, “só com vacinação em massa será possível salvar vidas e recuperar a economia destruída pela pandemia, que já trouxe recordes de desemprego e precarização do trabalho. O prefeito deveria ouvir os trabalhadores e apoiar a luta pela volta do auxílio emergencial, em vez de fazer a política dos grandes empresários que financiaram a sua campanha eleitoral”.

WhatsApp Image 2021-02-24 at 10.36.31 (1)Centrais sindicais abriram faixa por vacina para todos em frente à Assembleia Legislativa.

 

Fonte: CUT-RS