Central Única de Trabalhadores do Estado do Rio Grande do Sul

Campanha de solidariedade ajuda a custear tratamento de dirigente sindical atropelado na greve geral em Caxias do Sul

17 maio, quarta-feira, 2017 às 3:17 pm

Comentários    Print Friendly and PDF

Atropelado

Atropelado1

O Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Privado da Serra (Sintep/Serra) está realizando uma campanha de solidariedade para arrecadar fundos para a família custear o tratamento médico do seu diretor Luiz Fernando Subtil Sant’Ana, que foi vítima de atropelamento, durante a greve geral do dia 28 de abril, em Caxias do Sul. Ele foi atropelado em furo de bloqueio da manifestação no acesso à Universidade de Caxias do Sul (UCS), às 8h. Uma caminhonete SUV, conduzida por Liselane Frozi Fleck,  55 anos,acelerou em direção aos manifestantes, atingindo três deles. Santanna caiu, bateu a cabeça e ficou desacordado por alguns momentos.

Os trabalhadores chamaram o Samu, que o socorreu. Ele foi levado ao Postão 24 horas e liberado em seguida. Horas depois, sentiu fortes dores e teve de ser internado. Segundo o diretor de Administração e Assuntos Intersindicais do Sintep/Serra, Ademar Sagarbossa, que presenciou o acidente, “foi um gesto de extrema intolerância ao movimento”.

Atropelado

Foto: Rose Brogliato – Sinpro/Caxias do Sul

Segundo reportagem do jornal Pioneiro, “a Polícia Civil resolveu não abrir um inquérito para investigar se Liselane assumiu dolo ou se o atropelamento foi acidental porque, de acordo com a delegada Suely Rech, os relatos colhidos pela BM foram suficientes para apurar que não houve intenção. Ela diz que se trata de um caso de lesão corporal, de menor potencial ofensivo, e que caberá à Justiça agora pedir uma investigação se achar que há suspeita de dolo. “Não temos nenhuma informação de que ela tinha a intenção de atropelar. Se o Judiciário entender que aconteceu isso, pode solicitar diligências à delegacia.”

Sant’Ana permaneceu 14 dias no hospital e voltou para casa, na última sexta-feira (12) com várias sequelas: não consegue caminhar, se alimentar e fazer as necessidades fisiológicas sozinho, devido a um edema cerebral. Não há previsão para ele retornar às atividades do dia a dia, inclusive as que envolvem seu trabalho, nem há a garantia de que ele irá se recuperar plenamente da lesão sofrida.

A família precisa de ajuda para manter o tratamento, que requer fisioterapia e remédios controlados, dentre outros cuidados especiais.

Atropelado2

Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS

As doações podem ser feitas, em qualquer valor, na seguinte conta corrente:

Banco: Caixa Econômica Federal

Agência: 0465

Operação: 013

Conta Poupança nº: 298242-1

Titular da Conta: Neí dos Santos Sant’Ana (esposa do Santana).

CPF: 498 247 590 34

 

Leia a nota divulgada pelo Sinpro/Caxias.

O Sindicato dos Professores de Caxias do Sul (Sinpro/Caxias) lamenta que a crueldade e a falta de humanidade tenham marcado os protestos ocorridos na manhã da Greve Geral em Caxias do Sul. 

Nos solidarizamos com o colega trabalhador de educação, Luiz Fernando Subtil Sant’Ana, integrante da diretoria do Sintep/Serra, que foi atropelado no acesso à Universidade de Caxias do Sul (UCS). 

Assim como os outros sindicalistas, Sant’Ana estava participando do bloqueio e conscientização do público que tentou acessar a Universidade.

Saudamos a coragem de todos os que aderiram à Greve Geral pelo país e renovamos o propósito de continuar lutando conta as injustiças, pelos direitos trabalhistas, pela educação de qualidade e pela democracia.

A Diretoria

 

Fonte: CUT-RS com Sintep/Serra, Sinpro/Caxias e Pioneiro