Central Única de Trabalhadores

Brigada Militar usa bombas para dispersar protesto de estudantes na UFRGS

15 maio, quarta-feira, 2019 às 1:40 pm

Comentários    Print Friendly and PDF

Jovem agredido

Jovem agredido

Sul21 – A tropa de choque da Brigada Militar utilizou bombas de efeito moral para dispersar um protesto de estudantes da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) que bloqueava o trânsito na rua Sarmento Leite, no Centro de Porto Alegre, por volta do meio-dia desta quarta-feira (15).

Segundo relatos colhidos pela reportagem do Sul21, estudantes da universidade iniciaram por volta das 7h a organização para o Dia Nacional de Mobilização pela Educação. Por volta das 11h, um grupo de 50 estudantes iniciou um protesto da Av. Paulo Gama, uma das vias do entorno da universidade, bloqueando o trânsito temporariamente e liberando na sequência.

Pouco antes do meio-dia, os estudantes se dirigiram para à rua Sarmento Leite, onde também bloquearam o trânsito, dessa vez de forma ininterrupta por cerca de 15 minutos. Nesse momento, a tropa de choque da Brigada Militar foi acionada para liberar a circulação de carros, disparando pelo menos três bombas de efeito moral.

“Tivemos que correr pra dentro da faculdade para não nos ferirmos”, disse Helena Andrade, estudante de Arquitetura e Urbanismo.

A ação policial deixou um estudante ferido na perna. Bruno Xavier dos Santos, também estudante de Arquitetura, conta que foi atingido por um estilhaço na altura da coxa, mas que, como estava com uma jaqueta em volta da cintura, o ferimento foi apenas superficial.

Assista ao vídeo do CPERS Sindicato!

 

 

Fonte: Luis Eduardo Gomes – Sul21