Central Única dos Trabalhadores

Brasil 247 – Alex Solnik: “Mussolini diz que só um povo armado é forte e livre”

25 maio, segunda-feira, 2020 às 10:05 am

Comentários    Print Friendly and PDF

Mussolini

Mussolini

247 – A frase acima reproduz a manchete do “Correio da Manhã” de 12 de agosto de 1937 e se refere ao que Benito Mussolini dissera no dia anterior, num comício que reuniu 100 mil pessoas, em Catânia, na Sicília:

“A pedra fundamental de nossa doutrina e de nosso espírito é a preparação cada vez mais intensa do povo italiano para a vida militar. A história mostra-nos que, quando um povo não quer sujeitar-se a utilizar-se de suas armas, acaba sendo obrigado a aceitar as imposições de qualquer outro. A história também mostra que o povo italiano não é guerreiro, mas que não tem outra alternativa senão a miséria e a escravidão”.

Na reunião ministerial de 22 de abril, Bolsonaro disse:

“Eu quero todo mundo armado. Que povo armado jamais será escravizado”.

Não sei se ele copiou a frase de Mussolini porque a leu ou porque a ouviu de alguém, mas não há dúvida que não se trata de mera coincidência: ele pensa a mesma coisa que o criador do fascismo.

O fascismo inspirou o integralismo no Brasil, com a ajuda do qual Getúlio Vargas deu o golpe do Estado Novo algumas semanas depois da frase de Mussolini, a 10 de novembro de 1937.

O integralista Olympio Mourão Filho, então capitão, foi o autor do “Plano Cohen”, fake news que deu a Getúlio o pretexto para fundar sua ditadura. 

 

Alex Solnik é jornalista. Já atuou em publicações como Jornal da Tarde, Istoé, Senhor, Careta, Interview e Manchete. É autor de treze livros, dentre os quais "Porque não deu certo", "O Cofre do Adhemar", "A guerra do apagão" e "O domador de sonhos".

 

Fonte: Brasil 247