Central Única de Trabalhadores

Bancários em greve realizam ato estadual em defesa do Banrisul público nesta quarta

19 outubro, segunda-feira, 2015 às 6:52 pm

Comentários    Print Friendly and PDF

Frente

O encontro entre o governador do Estado, José Ivo Sartori, o presidente do Banrisul, Luiz Gonzaga Mota e o presidente do Santander Brasil, Jesús Zabalza, no Palácio Piratini, ocorrido durante audiência na última quarta-feira (14), acendeu a luz de alerta. Se a mobilização contra a venda do patrimônio público já havia começado, os bancários decidiram, em assembleia nesta segunda-feira (19), intensificá-la através de pressão junto aos deputados e ao governo. Nesta quarta-feira (21), às 12h, será realizado um ato estadual em defesa do Banrisul público em frente ao edifício-sede do banco, seguido de um passeatão até a Praça da Matriz para a entrega do Dossiê Banrisul ao governo do Estado e à Assembleia Legislativa do RS.

Nesta terça-feira (20), os bancários vão até o parlamento gaúcho para conversar com os deputados estaduais, tentar sensibilizá-los e cobrar que lutem pela manutenção do Banrisul público. O diálogo vai abordar principalmente os PLs 276/2013 e 279/2013, que criam a Banrisul Administradora de Cartões e uma Corretora. Se aprovados, os projetos podem ser o início da privatização da instituição financeira.

Sartori e bancos

A participação dos bancários e dos gaúchos é imprescindível neste momento. A mobilização é a nossa melhor defesa!

O perigo que ronda o Banrisul

Em mais de uma ocasião, Sartori manifestou sua vontade de privatizar ou extinguir empresas públicas e a reunião com o Santander deve ser vista com preocupação para todos os gaúchos.

Em 1997, quando o governo Britto vendeu a Cia União de Seguros Gerais para o Bradesco, Sartori era líder do governo na Assembleia Legislativa. E o presidente Luiz Gonzaga era o diretor da empresa vendida.

Brito com Sartori

Por isso, as promessas do atual governo de que não vai privatizar o banco não tranquilizam os banrisulenses. Nós já vimos este filme. O governador já descumpriu algumas promessas de campanha, como a de que não iria aumentar nenhum imposto.

A GREVE EM DEFESA DO BANRISUL

Terça-feira, 20/10
14h – Saída de caravanas à Assembleia Legislativa para sensibilizar deputados estaduais quanto à importância do Banrisul público.

Quarta-feira, 21/10
Ato em Defesa do Banrisul Público

10h – Concentração na Caldas Junior, em frente à DG do Banrisul;
12h – Caminhada à Praça da Matriz para entrega do Dossiê Banrisul no Palácio Piratini e na Assembleia Legislativa.

Quinta-feira, 22/10
14h – Assembleia de organização na Casa dos Bancários (Rua General Câmara, 424);

Após a assembleia, saída de caravanas até a Assembleia Legislativa para sensibilizá-los quanto à necessidade de manutenção do Banrisul público.

Banrisul

 

Fonte: CUT-RS com SindBancários