Central Única de Trabalhadores

Ato nesta sexta em Porto Alegre vai exigir Lula livre já

8 novembro, sexta-feira, 2019 às 12:10 pm

Comentários    Print Friendly and PDF

Lula nos braços (2)

Lula nos braços (2)

Centrais sindicais e movimentos sociais promovem nesta sexta (8) uma grande mobilização em Porto Alegre pela soltura imediata do ex-presidente Lula, após a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que julgou inconstitucional a prisão após condenação em segunda instância. Haverá concentração, às 17h, no Largo Glênio Peres, seguida de caminhada até o ato no Largo Zumbi dos Palmares.

“Chamamos os trabalhadores e as trabalhadoras, dirigentes sindicais e militantes dos movimentos que integram as frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo para tomar as ruas com as suas bandeiras, a fim de exigir a liberdade de Lula para reacender a esperança do povo brasileiro”, afirma o presidente da CUT-RS, Claudir Nespolo.

Ele explica que a maioria dos ministros do STF decidiu que, como determina a Constituição brasileira, um réu só pode cumprir pena depois que a defesa esgotar os recursos na Justiça. “A decisão beneficia Lula, mantido preso político desde 7 de abril de 2018, em Curitiba, depois que o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) se apressou para julgar e validar a sentença do ex-juiz Sérgio Moro, que condenou Lula sem comprovar crime nem apresentar provas no caso do triplex do Guarujá, que nunca pertenceu ao ex-presidente”, explica.

Os advogados de Lula já divulgaram uma nota dizendo que vão conversar com Lula na manhã desta sexta-feira e acionar a juíza responsável pela execução da pena, Carolina Lebbos, pedindo a sua imediata soltura com base no resultado desse julgamento do STF.

“Lula tem direito a liberdade imediata e a classe trabalhadora precisa do Lula livre para fortalecer a resistência e a luta para resgatar os direitos perdidos, a democracia e soberania nacional”, ressalta Nespolo.

 

Fonte: CUT-RS