Central Única de Trabalhadores

Agricultores familiares instalam acampamentos no RS contra reforma da Previdência

12 junho, quarta-feira, 2019 às 9:05 pm

Comentários    Print Friendly and PDF

Acampamento Lagoa1 (3)

Acampamento Lagoa (3)

Os agricultores familiares instalaram nesta terça-feira (11) acampamentos nos municípios de Erechim e Sarandi e nesta quarta (12) mais um em Lagoa Vermelha, no trevo de acesso a Sananduva, no Entroncamento da BR 285, no interior do Rio Grande do Sul.

Os sindicatos da Fetraf-RS da região Altos da Serra e entidades parceiras, como o Movimento do Pequenos Agricultores, as Pastorais Sociais da Igreja, o Movimento de Mulheres e o CPERS, dentre outras entidades, montaram esses acampamentos dentro do mesmo objetivo de sensibilizar e mostrar à sociedade, por meio das pessoas que transitam nessa importante rodovia, a insatisfação  dos homens e das mulheres do campo com a proposta de reforma da Previdência do governo Bolsonaro.

Acampamento Rural (3)

A ideia é chamar a atenção para os prejuízos que essa reforma vai trazer para a Agricultura Familiar, para os trabalhadores em geral, e especialmente para as agricultoras familiares, que perderão um valor de, no mínimo, 65 mil reais. Com isso, queremos dialogar com o governo, com os parlamentares, e demonstrar para a sociedade a preocupação com essa injustiça que representa essa proposta do governo.

Foi ainda instalado um acampamento em São Lourenço do Sul nesta quarta. Dessa vez, no trevo de acesso ao município na BR-116.

Acampamento Lagoa1 (3)

 

Fonte: CUT-RS com Fetraf-RS